scrolling='no' 07/03/10 - 14/03/10 | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

7 redes sociais que sua empresa ou marca devem participar

quinta-feira, 11 de março de 2010

As redes sociais nos últimos anos estão tomando conta do cotidiano das pessoas e sem dúvida são ótimos meios de divulgação de ações de marcas e aproximação de corporações com o consumidor. Por isso está presente em pelo menos uma rede social é importante para que seja construído um vínculo de aproximação entre marca-público.

As plataformas de redes sociais que caíram no gosto popular são o Facebook, Twitter, Orkut e Flickr, porém não são apenas essas plataformas que podem agregar algum valor ou conteúdo à sua marca. Ferramentas de redes sociais mais segmentadas, voltadas para público específico já fazem parte do nosso dia a dia e são extremamente importantes para as empresas que pretendem ter uma presença digital mais marcante entre os usuários.

Essas redes sociais de nichos são mais personalizadas e geralmente os usuários interagem muito mais, uma vez que em grande maioria os assuntos abordados nessas redes são mais aprofundados e a grande parcela desses usuários são especialistas, analistas ou estudiosos do assunto.

Abaixo apresento 7 plataformas de redes sociais de nichos. Essas plataformas são importantes para desenvolver bons trabalhos de segmentação de público, e o mais interessante é que todas elas foram pensadas e desenvolvidas para que as marcas interessadas possam realmente participar de forma efetiva de cada uma dessas ferramentas.

Polgate.com – Essa rede social foi desenvolvida para que os usuários pudessem elaborar enquetes dos mais variados assuntos. Trazendo para o lado empresarial a marca poderia usá-la para enquetes de pesquisas, satisfação, dicas e sugestões. Sem ser invasiva, pois as enquetes são multimídias e apenas os participantes da sua rede de amigos participam. Ou seja, participa quem realmente esta interessada em responder a sua enquete, assim as respostas serão mais objetivas e com isso terão maior credibilidade para saber o resultado final.

Meusparabens.com – Os participantes da sua rede social registram os aniversários. Com isso a Marca poderá fazer uma ação personalizada, enviando cartões de aniversários. Esse tipo de ação fideliza o cliente, pois datas de aniversários são importantes para todos nós. Quando uma empresa lembrar a data de aniversário do cliente faz com que o consumidor se sinta prestigiado e com isso fidelizamos o cliente com descontos de aniversários, brindes ou até mesmo presentes. Uma dica importante: Personalize o cartão de aniversário. Faça individualmente, pois se um cliente comunicar a outro cliente que recebeu um cartão de aniversário de determinada empresa e comprovar que o mesmo cartão foi oferecido para outra pessoa, pode ser gerado uma frustração ao cliente e então ação terá efeito contrário.

Meetango.com – Uma rede social de eventos. Nessa plataforma as bandas divulgam seus shows, ou qualquer outro evento social, empresarial ou familiar. Ideal para ações de marketing de festas, meet = convidar.

Flirtprints.com - Rede social da paquera. Uma espécie de site de namoro ou amizade, onde os usuários marcam encontros românticos ou de amizade. O objetivo nessa rede é encontrar alguém para sair. Uma forma de fazer bom uso empresarial dessa plataforma é promovendo produtos e cartões virtuais, assim em cada produto ou cartão fornecido ao participante a marca estará presente. Ideal para dia dos namorados, por exemplo, ou para marcas e produtos que tem como público-alvo casais.

Estilook.com – Rede social dos amantes da Moda. Nessa plataforma só participa quem realmente entende do assunto. A interação acontece montando looks, debates e fóruns. Nessa plataforma a marca que está presente no mundo fashion poderá fazer inúmeras ações dentre elas, promover gincanas, montagem de looks com as roupas da marca, entre outros exemplos de ações sociais interativas.

Gozub.com – Ideal para promoções relâmpagos no estilo das promoções do Twitter. Porém o diferencial é permitir colocar o logo da marca na ação. Essa ferramenta também está integrada ao Twitter, permitindo maior alcance da marca.

Em todas essas plataformas de redes sociais as ações devem ser muito bem elaboradas e sempre com algum objetivo, não devemos participar porque todos estão participando e sim participar porque tenho algo para contribuir e receber. Tanto nas plataformas gerais quanto em plataformas segmentadas é importante que a marca, empresa ou produto a ser trabalhado nelas estejam bem assessorados e que disponha de uma equipe treinada para trabalhar nessas redes. Pois uma palavra mal interpretada ou algum assunto mal explicado poderá denegrir a imagem da empresa. Lembre-se que essas redes sociais são compostas por pessoas e essas pessoas é quem consumirá o produto, portanto devemos observar o comportamento desses usuários e oferecer o que eles realmente precisam.

Imagens da Internet.

Priscylla Duarte | Jornalista

A comunicação nas Novas Mídias com o advento da Web 2.0 - O que mudou?

segunda-feira, 8 de março de 2010

Interagir e dá opiniões a respeito de determinados assuntos ou simplesmente “bater um papo”. Nós, seres humanos temos como principal característica o fato de precisar nos comunicarmos. Essa característica é essencial para a sobrevivência da espécie, pois isolado no mundo, nós não sobreviveríamos, ou melhor, nem se quer existiríamos. Mas o que é conversar? Ao longo dos anos essa característica essencial para nós foi se modificando e tornando cada vez mais – Unilateral.


Bastamos observar em nossas casas. Antigamente nossos avós tinham o hábito de sentarem-se à mesa nas principais refeições e conversarem. Nesse momento os integrantes da família contavam como tinha sido o dia no trabalho, na escola ou em casa. Esse hábito infelizmente para muitas famílias contemporâneas foram se perdendo, hoje em dia, com o corre e corre do dia a dia, mal temos tempo para comer, nossos trabalhos nos consomem, temos que fazer tudo o mais rápido que podemos, pois senão somos sulgados pelo tempo, que não pára. Se mal temos tempo para comer, quem dirá para ouvir o que o outro tem para nos falar. Isso mesmo, ouvir.


As pessoas não compreendem que conversar é ouvir o que o outro tem para nos dizer. Geralmente quando eu encontro uma amiga que não a vejo há tempos, e isso muitas vezes é pelo MSN, eu iniciou a conversar perguntando: - E aí, o que você conta de bom?! Ou seja, para mim é importante saber o que ela tem feito da vida dela, já que mal nos vemos e só temos a REDE nos conectando.


Será que você ouve o que o seu colega fala para você? E no seu relacionamento, existe diálogo ou é puro e simples Monólogo onde só um fala e o outro NÃO escuta? Se você parou para pensar e viu que está se encaixando em um dos exemplos mencionados, não se preocupe você não está só. Todos nós somos assim, preocupados somente com a nossa fala, não estamos interessados na opinião ou frustração do outro, afinal não temos tempo – somos modernos e pessoas modernas não têm tempo – Quem será que inventou isso?

E agindo assim, esquecemos que também estamos falando ao vento, pois o nosso interlocutor está preocupado na hora que não tem para completar os seus deveres. Mas, nem tudo está ou será perdido, tudo isso vem acontecendo (em minha opinião) porque nós mudamos nosso jeito de interagir com o mundo, e o que todos pensavam que viria para “piorar” essa situação (inclusive eu há algum tempo atrás), na verdade tornou-se um aliado para encurtar distâncias e quando bem usado até melhoram os relacionamentos afetivos.


A INTERNET modificou e vem modificando a forma como nos comunicamos uns com os outros. Se por um lado passamos mais tempo em frente do computador, por outro lado também passamos mais tempo conversando. Tá! Tudo bem, não é o diálogo que conhecemos há séculos, mas ninguém poderá dizer que não é um diálogo, que não é comunicação – apenas mudou a forma, como tudo na vida muda. As mensagens instantâneas, tais como MSN ou SMS, é uma forma de dialogar.


Os sites de redes sociais então, nem se fala. Ali nós, além de dialogarmos, opinarmos e sermos “importantes” em nosso perfil pessoal ou comunidades, também colocarmos nossa identidade, quando adicionamos fotos das nossas férias – escrevendo legenda explicativa daquela foto, ou aceitamos um depoimento escrito por um amigo, estamos dialogando e informando ao MUNDO que existimos e somos sim, relevantes para nossa rede de amigos, portanto a comunicação que antes era bidirecional – entre mim e você, e que depois passou a ser unilateral – apenas eu, agora passar a ser: Pluridirecional, eu me comunico com todos e ao mesmo tempo, à medida que faço parte de uma rede de amigos onde nessa rede tenho a oportunidade de ser eu mesma ou montar o meu personagem, aqui não preciso de máscaras, todos me entendem e não me julgam – Quem vai dizer que eles estão agindo errado, deixando de lado a falta de segurança das ruas para ficar no conforto de suas casas, em segurança conversando com pessoas com assuntos e interesses em comum?Isso é passado.

O que seria um vilão, na verdade se tornou uma espécie de “centro de debates on line” – à medida que todos nós temos muito para falar e na maioria dos casos somos ouvidos, e se nossa mensagem fizer diferença ela será passada adianta, não importa quem você é na rede, todos são iguais à medida que falem o que a comunidade quer ouvir.


E a tendência é aumentar ainda mais a participação do grande público, segmentando mais ainda a rede, direcionando você para comunidades mais “filtradas” onde poderemos ser muito mais presente e relevante. Há muito tempo atrás deixamos de ser mais um no meio de muitos, agora, somos um no meio de muitos que também tem algo a dizer e ser ouvido, e tenha certeza – Aqui sempre terá alguém para te escutar.

Imagens da Internet.


Priscylla Duarte | Jornalista

Curso de Marketing Digital e Inovação no Estado de São Paulo

Curso de Extensão
Marketing Digital e Inovação


O curso aborda conceitos, particularidades e tendências do mercado digital, apresentando ao participante uma visão geral dos processos e etapas que encadeiam um planejamento de marketing para internet bem como as melhores estratégias, ações, veículos e ferramentas.

10, 17 e 24 de Maio de 2010 | Carga Horária: 21h00
________________________________________

Público Alvo

Estudantes e Profissionais de Marketing, Publicidade, jornalismo e Webdesign; Diretores e gerentes de empresas que precisam usar a Internet de forma eficaz; Interessados em iniciar ou aperfeiçoar sua carreira em empresas ou departamentos digitais.


maiores informações pelo site: www.integracursos.com.br


Priscylla Duarte | Jornalista

Ocorreu um erro neste gadget