scrolling='no' 23/01/11 - 30/01/11 | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

E-book gratuito Suprassumo Mídia Boom movimenta a comunicação digital

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011


E-book gratuito Suprassumo Mídia Boom movimenta a comunicação digital

26.01.2011 O Coletivo Mídia Boom (midiaboom.com.br) lança em janeiro de 2011 o primeiro e aguardadíssimo volume de seu e-book Suprassumo Mídia Boom. É o resultado da seleção de 14 artigos dos colaboradores diretos do blog, publicados de outubro a dezembro de 2010 – artigos que tratam essencialmente de comunicação, marketing, cases, ideias e estratégias digitais.

Para não ser um e-book com conteúdo idêntico ao já disponível no blog, os artigos passaram pela revisão de seus autores – com o auxílio dos editores –, que atualizaram e acrescentaram informações que julgaram relevantes, uma espécie de upgrade. Foram ainda adicionados a cada artigo os comentários agregadores, para prestigiar a interação e conhecimento da audiência.

Além dos artigos e comentários, o e-book traz “Agradecimentos” de Chico Montenegro, “Prefácio” de Carol Terra, “Apresentação” de Camila Carrano, uma entrevista inédita com a colaboradora Marisa Lemos e “Posfácio” de Newton Alexandria.

O projeto do e-book é uma ótima maneira de mostrar o trabalho e profissionalismo de todos os envolvidos no Coletivo Mídia Boom, blog que vem se destacando na cena de mídias sociais, marketing e comunicação no Brasil.

Para baixar uma cópia do e-book, acesse: http://midiaboom.com.br/ebook/suprassumo.pdf

Importante:

Ajude a divulgar e difundir conhecimento e informação: compartilhe a referida compilação.

Sobre o Mídia Boom

Fundado em 2009 por Chico Montenegro, Mídia Boom é um blog coletivo que traz, entre outros, cases, entrevistas e artigos, sempre com enfoque em comunicação e marketing digitais, especialmente tratando de mídias e redes sociais. Acesse: midiaboom.com.br.


 
Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

Movimento Fora Micarla - Post especial de sexta!

 

Na última sexta-feira passada o Natalense foi pego com a seguinte notícia: o Preço das passagens de ônibus urbano da capital iria aumentar para 2e20. Parece pouco para muitas outras capitais do Brasil, que tem suas passagens em torno de 3 reais, porém para o tamanho territorial da cidade e também para a realidade econômica da maioria dos Natalenses esse aumentou, sem sombra de dúvidas, irá pesar no bolso de trabalhadores e estudantes, que são os maiores usuários do serviço.
Daí, em meio à discussão gerada com o assunto do aumento das passagens, algum usuário da rede de microblogs o Twitter, começou a desenvolver uma campanha com a Hashtag Fora Micarla, pronto! Foi só o que os usuários Natalenses queriam para começar a manifestar as suas insatisfações, não só com o aumento da passagem, mas como outros fatores da atual administração que tem como "cabeça" a Micarla de Souza - que administra a capital potiguar há aproximadamente 2 anos e meio e infelizmente está deixando muito a desejar enquanto prefeita.
A #foramicarla caiu no gosto dos potiguares e durante todo o dia 21/01 permaneceu no segundo lugar dos TT'S Brazil - índice de popularidade de assuntos comentados no Twitter. O que pude perceber com esse fato foi a cultura digital dos potiguares, o quão digitais a população Natalense é. Para uma cidade pequena, com pouco mais de 700 mil habitantes e localizada no Nordeste, que infelizmente ainda falta muito incentivo do governo federal com relação a inclusão digital, a cidade do Natal não deixa a desejar quando o assunto é Twitter e Redes Sociais no geral.
A participação do Natalense no Twitter é bastante engajante e participativa - e essa não foi a primeira vez que os moradores da capital Norte-Rio-Grandense colocam uma hashtag nos Trends. Há alguns meses atrás durante 1 dia e meio a #frasestipicamentenatalenses também reinou e levou a cultura do Potiguar para  todo o Brasil.
O importante é saber que os Natalenses estão sim presentes nas redes sociais e participam ativamente, interagindo com tudo e todos - são bastante abertos e envolvidos com ações digitais - Faz-se necessário lembrar aos empresários potiguares que atentem-se ao fato e coloquem também as suas marcas para se tornarem parte dessa nova realidade - a realidade digital.
Neste sábado dia 29/01 – Terá ato público contra o aumento das passagens, em frente ao Midway – horário a confirmar.


Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

O que é Vlog?

Alguns de vocês já devem ter acessado um Vlog nessas andanças pelo vasto caminho da Internet - muitos sabiam que se tratava de um Vlog, outros acharam que era mais um vídeo de alguém querendo aparecer - A verdade é que o Vlog tornou-se uma excelente ferramenta midiática na web 2.0.


Vlog para quem ainda não sabe, é uma espécie de blog, porém em vídeo, onde geralmente o conteúdo é abordado de forma bem dinâmica, muitas vezes criticando algo, assunto ou alguém - e outras vezes com uma abordagem mais cômica.

O que é interessante nos Vlogs são os personagens - apresentadores dos mesmos, que no geral são pessoas anônimas que resolveram usar a internet e um formato de vídeo caseiro, mas com uma edição rápida e expressiva, a fim de expressar suas opiniões.

De fato, os Vlogs tornaram-se uma fonte de informação e de lazer para inúmeras pessoas que gostam de ficar conectadas e que perceberam na Internet uma verdadeira fonte de sair do anonimato e de ganhar dinheiro se divertindo.



Veja o Vlog - Mas Poxa Vida! E descubra por si só, por que essa nova mídia estar cada vez mais presente no dia a dia das pessoas - e quem sabe você se anima e faz o seu também.


Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

O crescimento do Twitter no Brasil

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011



Marketing Digital e o Twitter:


E o Twitter permanece com força total na preferência das empresas. Não adianta, quando o assunto é presença digital o Twitter ganha em disparada à preferência dos empresários e agências web. Em partes por ser a mídia mais utilizada entre os usuários de 20 a 45 anos e outra pelo rápido impacto que esse veículo atingi quando veiculamos ações na Internet.

Seja para conseguir novos contatos, seja para divulgar alguma marca ou noticiar algum fato; não tem jeito todos estão recorrendo ao Tuite do passarinho azul.

Embora eu goste do Twitter e o utilizo praticamente todos os dias, não aconselho as empresas a colocarem toda a sua força, principalmente se esta forma for ligada ao marketing digital, falo isso por que sei que somente o Twitter não tem capacidade de trazer resultados para uma marca.

Mas, obviamente se um cliente pede, as agências devem fazer, porém deixar muito claro que para a campanha realmente surtir efeito, é necessário que juntamente com o Twitter, faça-se ações interligadas com todos os outros veículos - como televisão, rádio, impressos, blogs e sites. Costumo dizer que o Twitter não vai salvar o planeta, definitivamente, e nem muito menos as empresas.

Twitter no ambiente de trabalho:

Não adianta fechar os olhos e tentar enxergar um mundo sem as redes sociais. É como viver em um mundo onde não existem pessoas, ou seja, impossível. Assim como os celulares, o Twitter tornou-se uma unanimidade e realidade.

Para muitos passar um dia sem acessá-lo é um tormento. Interferir nisso é como intervir no banho diário de alguém. O Twitter virou uma necessidade e é necessário que os empresários, chefes, gerentes e diretores aceitem este fato e compreendam que os funcionários vão sim acessar a conta pelo trabalho.

Atualmente é bastante comum esse comportamento, principalmente entre colaboradores da Geração Y e algumas empresas ainda não estão preparadas para aceitar isso dos seus funcionários e diante do despreparo: bloqueiam ou pune o colaborador. O que é um erro.

Aconselho os empreendedores a reverem os seus conceitos e para não errarem elaborar cartilhas de uso para as redes sociais e Internet no ambiente de trabalho. Lembre-se: O mundo está mudando e em grande parte essas mudanças partiram da necessidade das pessoas e são as pessoas que fazem a sua empresa - seja colaborando com ela ou consumo os produtos que vendido.
Twitter e a nova ditadura:

De uns tempos para cá o Twitter virou alvo da ditadura que insiste em interferir na liberdade de expressão e direito de opinião que as pessoas têm. Ultimamente para que você emita sua opinião via Twitter, você tem que ter muito cuidado com o que vai dizer; pois a imprensa, advogados e defensores em geral estão de olho no que você diz - então o conselho é que você tenha muito cuidado ao se expressar na sua própria rede.

Confesso que sou totalmente contra isso. Acho que a Internet é um meio livre, e tentar negar é andar em voltas. Claro que preconceitos e palavras que incitam o ódio serão em todos os meios desprezíveis, mas é extremamente necessário que a opinião da pessoa seja respeitada, independentemente dela ir contra ou não ao que os outros acham ser o correto.


P.S: Aguarde em Fevereiro teremos uma série de artigos especiais sobre o Twitter!

Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

Faltam especializações nas Faculdades de Natal – RN nas áreas de Comunicação Digital e Novas Mídias.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Especilização em Novas Mídias:




Mesmo com todo esse destaque que a Comunicação Digital vem tendo nesses últimos 3 anos, existe ainda poucas Universidades no Brasil que abriram uma cadeira voltada para a Comunicação Digital nos cursos de Comunicação Social ou especializações na área.

Uma pena constatar esse déficit em nosso País – segundo maior consumidor de redes sociais e Internet , ficando atrás somente dos Estados Unidos. Especificamente em Natal - cidade onde eu moro e atuo como Redatora e Diretora de Conteúdo WEB, além de estudar voluntariamente o Marketing, a Publicidade Digital e as Novas Mídias – para melhor desenvolver o meu trabalho em uma agência de projetos web.

Sou formada em Comunicação Social com habilitação em Rádio e TV pela UFRN – além de possuir outros diplomas todos voltados para a comunicação. Sempre pretendi, logicamente, fazer uma pós em comunicação e como atuo com Internet, evidente que quero voltar meus estudos e pesquisas para esse veículo e é por isso que venho estudando, por conta própria, o Marketing Digital e as Novas Mídias, motivo este que há 1 ano publico meus estudos no blog: marketingdigitalenovasmidias.blogspot.com. Pretendo fazer Especialização em marketing digital e caminhar para o mestrado e doutorado com estudos voltados para a comunicação digital, uma vez que pretendo ingressar na carreira de docente – quero lecionar. Porém, me deparo com um grande empecilho nessa minha jornada – Não tem especialização aqui em Natal na área onde pretendo seguir meus estudos e ser docente ministrando as cadeiras de Comunicação Digital e Novas Mídias – A Comunicação Digital.

Pesquisando cursos de pós-graduação, especializações e até mesmo mestrados nas faculdades de Natal - RN, não consegui achar nenhum curso voltado exclusivamente para essas vertentes da comunicação que citei a cima - Existe sim alguns MBA's na área e como sabemos MBA é um tipo de especialização voltada para negócios e empresas, muitos deles com uma ou duas disciplinas com ênfase nesses ramos da comunicação que citei, porém como as aulas são somente quinzenais, o aluno na verdade terá muito ou quase nada de contato com o verdadeiro conteúdo necessário para desenvolver um trabalho diferenciado do que já havia desenvolvendo se não tivesse a especialização – Ou seja, observando a grade e inclusive os professores não vi nessas cadeiras algo novo que acrescentem aos meus estudos – Pois não vi nada de incomum na grade do curso – Há não ser o fato de ao final do mesmo: comprar o meu diploma.

Com relação ao Comércio Eletrônico então? Apenas 2 faculdades ( aqui em Natal ) e particulares ministram as especializações em E-Commerce – gostei da grade das duas – FATERN e Maurício de Nassau – Porém a FATERN não aceita para essa especialização alunos com graduação em comunicação, somente em Sistemas para Internet ou outro curso de computação – Sinceramente não entendi o por quê disso; já a Maurício de Nassau não tem este curso especifico aqui na sede de Natal, apenas em Recife e sim eles aceitam graduados de Comunicação no curso.

Atualmente como sabemos, o mercado está pedindo profissionais com esse tipo de especialização. Porém as academias ainda não têm capacidade técnica e infraestrutura para comportar a demanda – Solução: Tragam professores de São Paulo ou Rio Grande do Sul - Para ministrar as aulas enquanto os alunos ainda estão sendo preparados para assumir- Gostaria muito de passar meu conhecimento para os alunos, porém não tenho especialização diplomada, tudo que sei aprendi no meu trabalho - Tenho graduação e preciso das pós (Pós-Graduação, mestrado, doutorado e PHd) para ser docente – Sei que não desses todos, mas gostaria muito de ser referência no meu Estado em Comunicação Digital.

Mestrado então, nem se fala. Nenhuma universidade da capital tem estudos voltados para comunicação e internet - UFRN fica a dica para o corpo docente da instituição pensar em algum mestrado nessa área, pois o mercado de trabalho está necessitando avidamente por profissionais que tenham a prática adquirida muitas vezes autodidaticamente e sem nenhum ou pouco estudo teórico e UNP amplie mais o leque de mestrado no campus, pois a menos se o site esteja desatualizado lá só fala em dois mestrados: 1 em odontologia e outro em administração e como a UNP tem um excelente curso de Comunicação Social não consegui entender como não tem ainda especializações e mestrados na área.

Trabalhando nessa área há pouco mais de 2 anos, me formei em Março de 2008 e em Março de 2009 comecei a desenvolver meus estudos na área de comunicação digital, e com experiência adquirida com a prática e senso crítico, estou sentindo a necessidade de aprimorar os meus conhecimentos e não gostaria de sair de Natal para buscá-los, pois sei que não haverá necessidade, uma vez que temos 10 faculdades privadas - todas com ótimo nível de ensino e infraestrutura, e ainda contamos com 2 universidades públicas, uma das quais me formei e sei do potencial que a mesma oferece - UFRN.

Espero que as entidades acordem para o fato que o mercado está precisando desses profissionais com essas especializações citadas logo a cima, porém não estão achando - Tem emprego, mas não tem o profissional capacitado academicamente para ocupar os cargos.

#deiomeurecado


Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

A última agência de propaganda da terra!

domingo, 23 de janeiro de 2011

E como não poderia deixar de ser: o alerta aos publicitários que não aceitam a importância da interatividade nas peças publicitárias que infelizmente pararam no século XX.  Olhem o que os esperam:




Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

Ocorreu um erro neste gadget