scrolling='no' 03/10/10 - 10/10/10 | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

A importância da Internet para a sociedade atual

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

De fato a Internet mudou e muito nos últimos 10 anos. Em 2000, o que encontrávamos na WEB eram sites “piscantes”, com muitos flash's e a única forma de interação eram as salas de bate-papos na UOL, BOL, TERRA e ferramentas de mensagens instantâneas como o ICQ e o surgimento do Mensager, além da popularização de blog's - especialmente diários on line.

Com o passar dos anos e com a popularização da banda larga, o que ocorrera com grande frequência no ano de 2003 a 2004, a Internet passou a ser mais utilizada nos lares brasileiros e o uso de ferramentas que vão além do E-mail passaram a serem mais vivas em nosso cotidiano. Surge então o que hoje conhecemos por "redes sociais" - O Facebook e o Orkut preconizaram esse movimento.

Com a popularização do recurso de banda larga e do distanciamento da internet discada dos lares brasileiros, o tempo que o internauta disponibilizara na internet mais que dobrou e com isso a popularização de publicidade e marketing digital, bem como especialistas na área de comunicação on line e internet surgiram.
Hoje, observamos uma real e significativa mudança de toda a população mundial com relação ao modo de pensar, agir e comprar, graças a Internet. Tudo diminuiu de tamanho e a distância definitivamente deixou de existir - vemos hoje uma segunda fase da globalização - Se antes ela encurtava a distância entre os povos, hoje a nova globalização diminui a distância de pensamentos e atos de pessoa para pessoa. Tudo se tornou mais fácil devido a Internet, desde conseguir um emprego à fazer amizades e conseguir um relacionamento afetivo.

A pessoa conectada com o mundo é mais sociável, diferentemente do que pensava-se, a Internet não afastou as pessoas umas das outras, muito pelo contrário, a internet aproximou ainda mais a população que necessita se expressar e achou um meio extremamente democrático e essencialmente interativo para fazê-lo.

Conversar com alguém que mora na Noruega nunca foi tão fácil graças à web e as ferramentas de comunicação - por exemplo - SKYPE. Com isso, surge também a necessidade de se proteger, tal como fazemos na nossa vida off line - se em casa nos trancafiamos através de grades, cadeados e muros, na INTERNET também faz-se necessário nos protegermos à fim de não sermos mais expostos do que já estamos sendo.

Por isso é importante que se restrinja os perfis a pessoas confiáveis e controlar a língua, assim como fazemos fora da Internet, é também o melhor caminho para não sermos expostos tanto a nível pessoal, quanto a nível profissional.
É necessário lembrar que os perfis nas redes sociais são uma extensão do indíviduo, mesmo quando o mesmo decidi disfarçar-se em um personagem, ainda assim é necessário usar bom-senso e limites.

A INTERNET é um ferramenta fantástica e todos que fazem bom uso dela serão beneficiados em breve. Basta saber utilizá-la.




Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

Eleição 2010 e Twitter – Interação e democracia caminharam juntas

terça-feira, 5 de outubro de 2010


O Twitter é uma fonte inesgotável de informação e disseminação de conteúdo. Um veículo agregador de notícias extremamente útil nos dias atuais. Com todas essas características positivas a seu favor, era inevitável que partidos, candidatos e eleitores usassem o microblog como alicerce e palanque - virtual nessa eleição.
Nos últimos 60 dias essa “fervorocidade” de ideias e paixões se tornaram bem mais evidentes, uma vez que o primeiro turno está se aproximando e com isso, alguns eleitores estão movimentando as timelines de seus seguidores com notícias de seus candidatos – demonstrando nitidamente em quem irão votar – O voto realmente deixou de ser secreto, depois do surgimento das redes sociais.
Alguns candidatos sejam federais ou estaduais fazem o bom uso da ferramenta. Respondem e interagem bem com seus seguidores, embora nem todos admitam que nem sempre são eles que os respondem. Deveriam deixar claro quando é o assessor ou o próprio candidato que está interagindo no Twitter, isso é bastante importante e eu não observei na maioria dos perfis políticos.
Porém, o motivo deste post é o elenco que participou de forma espontânea a essa eleição. Jovens e adultos discutiram e fizeram uso da ferramenta modificando o modo de fazer política; sem dúvidas a eleição 2010 foi um pleito muito mais dinâmico, com muito mais informações a respeito de todos os candidatos e com isso os eleitores tiveram maiores oportunidades de saber e decidir em quem votar – Quem saiu ganhando? O cidadão brasileiro.
Apesar de nesses últimos meses o Twitter em 80% de seu uso foi utilizado para divulgação e demonstração de afeto de eleitores aforidos a defender seus candidatos “com unhas e dentes”, deixando de lado outros assuntos, foi válido para nós, brasileiros e profissionais da área de comunicação podermos presenciar e viver uma mudança tão significativa com relação ao modo de discutir política em nosso País.
A pergunta que eu deixo é: Será que é o fim das pessoas segurando as bandeiras nos sinais de trânsito e mais além: Será que com o advento das redes sociais, essa forma de propaganda ainda dá certo?


Priscylla Duarte | Jornalista

Ocorreu um erro neste gadget