scrolling='no' O uso das Redes Sociais como pauta para o Jornalismo | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

O uso das Redes Sociais como pauta para o Jornalismo

quarta-feira, 3 de março de 2010

É Fato que a Internet vem se destacando e muito quando pensamos em meio divulgador e de fonte para os profissionais da área de comunicação. Por ser um meio onde as noticias são divulgadas em tempo real, a rede se tornou essencial como forma de disseminação e divulgação de fatos ou mesmo noticias do mundo das celebridades. Com isso usar o meio Internet como fonte de pesquisa para grandes jornais televisivos ou mesmo revistas é importante a fim de apurar os fatos. 78% da população entrevistada pelo censo do IBGE de 2007 responderam usar a rede como forma de pesquisas escolares, noticiários de celebridades e news sobre o mundo. É relevante mencionar que 90% desses entrevistados disseram pesquisar em buscadores como Google e Yahoo! as noticias e só depois comparar com os noticiários de TV como, por exemplo, o Jornal Nacional.


Em minhas pesquisas sobre a importância da INTERNET para o jornalismo contemporâneo constatei que os noticiários de TV que são importantes para a sociedade e que detém maior credibilidade também pesquisam o que é notícia no mundo e o que os internautas estão procurando saber nos sites de buscas. Essas notícias mais clicadas serão pauta para uma reportagem mais elaborada no noticiário das 20 horas. Essa interação entre mídia convencional e nova mídia está muito nítida nessa primeira década do século XXI principalmente com o advento de sites sociais, como o Twitter e o you tube.


O Papel desses sites de relacionamento on line para a comunicação contemporânea e a divulgação dessa nova forma de comunicação na rede é o que modifica e gera as novas maneiras de pesquisas, pauta, editoração, e por que não credibilidade da noticia. Ora, falamos de assuntos que sejam relevantes para nossa vida, por tanto damos credibilidade a ele, se os grandes noticiários de grandes redes televisivas dão essa devida credibilidade a esses”assuntos” devemos também observar por que falamos e damos maior importância a um determinado fato e deixamos de lado um outro fato... É uma forma natural de selecionarmos o que será notícia e o que é relevante ser passado a diante, em termos mais atuais retuitados.

Imagens da Internet

Priscylla Duarte | Jornalista

3 comentários:

Wander Veroni disse...

Oi Priscila!

Concordo com vc. Hj em dia o jornalismo está muito amarrado a internet, principalmente nas questões de apuração e produção.

Parabéns pelo post!

Abraço

Fernando Lessa disse...

Gostei da sua visão em relação à formação das opiniões.
É um ângulo muito sério a ser considerado, pois antes "eles" apenas ditavam as pautas e "nós" seguíamos.
Agora eles começam a se enquadrar nas nossas preferências e podemos começar a dizer (timidamente rsrs) que estamos ditando as pautas.
Gostei da sua análise.
Vou repassar para a minha comunidade no Twitter.
Se quiser conferir é só me visitar em : www.twitter.com/fernandolessarj
Abraços

Junior Silva disse...

Olá

Apesar da inegável expansão da internet na vida das pessoas, creio que as mídias convencionais podem sim buscar fontes nela, mas não deve depender exclusivamente assim. A forma tradicional de ir atrás da notícia deve ser ainda apreciada e prestigiada.

Gostei do seu blog, já acompanho a algum tempo, vou seguir.

Abraços.

Ocorreu um erro neste gadget