scrolling='no' 10/04/11 - 17/04/11 | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

Profissão? Analista de Mídias Sociais!

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Descobri esse "achado" no You Tube falando a respeito da profissão de Analista de Mídias Sociais - Tudo a ver com este post anterior aqui!

Espero que curtam!





Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

Qual a diferença entre Analista de Mídias Sociais e Administradores de Mídias Sociais?



Com o surgimento das novas mídias surgiu também várias profissões para "cuidar" da nova forma de comunicação do momento. As mais comuns que podemos observar são os analistas de mídias sociais ou social media e os gerentes de redes sociais. Mas, será que você sabe exatamente a diferença entre cada uma dessas novas e promissoras profissões? Se não sabe, ficará sabendo agora, pois selecionei 5 características peculiares de cada uma das profissões a fim de explicar ao certo o que cada profissional faz.

#Vamoslá?

Social Media - Analista de Mídias Sociais:
Os analistas de mídias sociais como o próprio nome diz: analisam! Preparam ações, elaboram estratégias e mensuram o resultado. São como os médicos que dão o diagnóstico, prescrevem o remédio, dá a posologia, mas não colocam necessariamente a mão na massa. Eles são os intelectuais, as cabeças pensantes.

Características da atividade dos Analistas:

1. Criar a ação;
2. Organizar e preparar a ação;
3. Analisar e mensurar resultados;
4. Gerenciar crises de imagens;
5. Elaborar relatórios.



Gerentes de Redes Sociais:
Já os Gerentes de redes sociais ou administradores de perfis, são obviamente os profissionais que administram as ações criadas pelos analistas. Eles são como os enfermeiros, que executam a posologia do remédio prescrito pelo médico. São profissionais executivos de redes sociais.

Características da atividade dos Administradores:


1. Dá vida as ações;
2. Delegar funções;
3. Observar como as ações estão sendo aplicadas;
4. Responder e interagir com os participantes;
5. Executar FeedBacks com os clientes e analistas.


Percebeu a diferença entre os analistas de mídias sociais do gerente de redes sociais? Um necessita do outro para que o trabalho seja PERFEITO. E aí, já decidiu se vai analisar ou administrar as Mídias Sociais?


Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

A facilidade que temos em criar perfis em plataformas de redes sociais

terça-feira, 12 de abril de 2011



"Uma metáfora para que empresários e alguns profissionais da comunicação entendam como alguns perfis criados nas plataformas de redes sociais estão sendo observados pelos seus clientes".

Já pararam para imaginar a facilidade que é para criar um perfil em alguma ou todas as redes sociais? Eu já.
Para criar uma conta na maioria das plataformas interativas, no geral, são apenas 4 passos simples e pronto: A marca ou alguém já está inserida nas"redes sociais", ou ao menos já tem o próprio endereço cibernético.


Porém, ter o canal direto com o público-alvo de nada adianta para uma Marca se ela não interagir. E é nessa hora que os gerentes, sócios e proprietários se vêem perdidos em meio ao um mundo complexo e extremamente competitivo que é a web - Tenho o canal, mas não sei como devo agir - eles se perguntam.


Cheguei à óbvia conclusão que: Criar é simples, manter é que são outros quinhentos - É como comprar um carro e não saber dirigir - você tem a chance de ganhar o mundo, porém não sabe fazê-lo, por que algo óbvio o impede: Não saber dirigir o carro, é o mesmo de não saber usar as redes sociais.


Com o passar do tempo, essas empresas que hoje mantém verdadeiras "residências abandonadas" na web, concluirão que apesar de ter o imóvel, muito bem localizado e prestigiado por uma vizinha extremamente comunicativa e prestativa, de nada adianta se nesse bonito imóvel, não morar alguém! É como o carteiro colocar todos os dias cartas na caixa do correio e ao final do dia não ter ninguém para pegá-las. Assim está sendo a maioria das "residências virtuais" de algumas marcas - Casas que não moram ninguém.


Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

Ocorreu um erro neste gadget