scrolling='no' A copa do mundo nas redes sociais | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

A copa do mundo nas redes sociais

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Em 2006 as redes sociais Twitter, Orkut, You Tube e Facebook estavam tomando forma e se popularizando no mundo, e participava ainda “timidamente” da copa do mundo daquele ano realizada na Alemanha. Na época o You Tube recebeu números recordes de vídeos filmados na copa e postados na rede social, detalhe: O site de vídeos tinha menos de 1 ano.

Mas e agora, como está sendo a participação das redes sociais na copa da África do Sul?



Com o crescimento exponencial dessas redes e com a aprovação das mesmas pelos comunicadores e jornalistas mundiais, muitos deles sem elos com canais de televisão, é bem provável que você esteja assistindo não só a copa, mas participando ativamente da mesma, não é mesmo? O Twitter, por exemplo, é uma excelente ferramenta para ser usada em tempo real na copa do mundo, com ele qualquer indivíduo pode e deve tornar-se um comentarista, emitindo suas opiniões sobre os jogos, além de também ser usado para postar fotos das torcidas organizadas, e o legal sabe o que é? Esse comentário terá um alcance muito maior do que um comentarista oficial, pois nas redes sociais a tendência é: Pessoa comum falando para outras pessoas comuns, esse que é o grande lance das redes sociais.


Com a grande quantidade de celulares com câmeras fotográficas e filmadoras qualquer pessoa pode enviar sua foto ou vídeo via Internet para os sites de relacionamento, colaborando de forma ativa, e não mais precisando que o Jornal X dê notícias sobre a Copa. Com essa nova forma de se relacionar e se comunicar, nós torcedores, deixamos de ser simples espectadores e passamos a ser peça chave para uma cobertura mundial de copa do mundo digna da era Web 2.0.

Eu acredito que nas redes sociais acontecerá, devido à copa do mundo, algo jamais visto nos meios de comunicação: a inversão de papéis. Onde quem deveria estar somente assistindo, passa a ser efetivo no papel emissor/receptor; e se existia alguma dúvida com relação a essa nova forma de comunicação, com a copa da África, esse impasse deverá ser sanado. Portanto, esta copa tem tudo para ser a “copa das comunicações web 2.0”, por está acontecendo exatamente quando vivemos o Boom dessa era.


Já a copa de 2014 aqui no Brasil, iremos vivenciar outro panorama, iremos participar da copa do Brasil efetivamente dentro da INTERNET, com outra visão de comunicação, dessa vez como webespectador e não mais espectador como conhecemos; e esse projeto já está em andamento.

O jornalismo não é mais como antigamente, onde o que o Jornal X dizia era lei. Hoje exige muito mais participação do ouvinte e isso não aconteceu de forma contrária, nada disso, o fato do ouvinte participar muito mais da notícia, através da colaboração que há na INTERNET devido às redes sociais e mídias sociais fez com que a tradicionalidade que nós, jornalistas formados, aprendemos nos bancos acadêmicos, perdessem espaço para esse tipo de conteúdo colaborativo fundamental nessa nova era da comunicação.

Nós jornalistas, devemos com nossa teoria aprendida nas salas de aula receber esse conteúdo e com nosso profissionalismo adquirido através de nossas experiências profissionais na área, filtrar o que é realmente necessário que seja dado enfoque jornalístico, e nunca fechar os olhos para os colaboradores que encontramos nesse meio tão rico que é a web 2.0.





Espero que essa copa do mundo seja o divisor de águas, e que através dela os tradicionais meios de comunicação observem a importância do uso das redes sociais como forma de aprimorar a comunicação de maneira geral com seus telespectadores.



Priscylla Duarte | Jornalista

Imagens da Internet

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget