scrolling='no' Por quê usar o Twitter? | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

Por quê usar o Twitter?

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Dia desses conversando com algumas pessoas sobre o uso das redes sociais, em especial o Twitter, percebi como ainda existem dúvidas com relação a como usar a ferramenta de modo a agregar valor aos seus seguidores. Ainda existem inúmeras pessoas que não compreendem o porquê deste “estardalhaço” que o Twitter vem fazendo no mundo das redes sociais. Perguntas como: - Para que serve este tal de Twitter? Ou afirmações do tipo: - Não vejo graça no Twitter! Fazem parte do meu dia a dia e como consultora em novas mídias, pacientemente vou explicando ponto a ponto sobre a importância dessa plataforma (Twitter) para alguns casos.

Sempre bato na tecla que nem todo mundo precisa de um Twitter, um perfil no Orkut ou outra plataforma de redes sociais só porque a maioria da população mundial tem um. Cada caso é um caso e deve ser estudado separadamente, pois as pessoas têm necessidades diferentes umas das outras, então se uma rede social é boa pra mim, não significa dizer que a mesma vai suprir as necessidades da outra pessoa, mas uma hora ou outra todos nós estaremos presentes nas redes sociais, seja diretamente, criando um perfil, ou sendo mencionado por alguém ou ser for postada fotos nossas em algum perfil de amigo.


O fato é que nem todo mundo ver essa importância toda do Twitter e isso não quer dizer que elas não estão inseridas digitalmente, muito pelo contrário, todas elas participam ativamente de pelo menos uma rede social há mais de 4 anos, porém não veem motivo de tanto “bem querer” a ferramenta do passarinho azul.

Só a partir de quando expliquei as diferenças entre Twitter e Orkut (plataformas que mais foram citadas no debate mencionado no primeiro parágrafo deste post) foi que elas compreenderam a diferença entre as ferramentas. Expliquei que o Orkut está mais voltado para o passatempo, já o Twitter está ligado quase que diretamente a comunicação instantânea.


O Twitter caminhou para o lado profissional, já o Orkut (não adianta) é essencialmente pessoal. Entre outras diferenças como: forma de comunicação, perfil dos usuários e tempo de navegação, só então elas puderam compreender que as duas ferramentas são diferentes e que funcionam independentemente da outra.


Em seguida, depois de alguns outros esclarecimentos, uma delas me perguntou:- Como ela usaria o Twitter no dia a dia; fiquei feliz com a pergunta, pois vi que tinha gerado frutos a discussão, e imediatamente fui analisar o cotidiano dessa pessoa. Percebi que por ela ter sido mãe recentemente, poderia usar o Twitter como ferramenta de informação sobre “como é o dia a dia de uma mãe de primeira viagem” – Semelhante a uma mini-novela online da própria vida. Postando dicas de amamentação, desenvolvimento do Bebê, dicas de pediatria, medos, alegrias e anseios dessa etapa importante da vida dela e do bebê, e tudo que faz parte do mundo dos pais e filhos, e que gera inúmeras procuras no Google, além disso, ela poderia seguir outras mães, pediatras, perfis de sites de gravidez e bebês, e assim trocar informações com esse pessoal. Ela gostou da ideia, só nos resta esperar se vai ou não colocá-la em prática.


Na outra parte da conversa, outras pessoas interessadas no tema redes sociais indagaram que não conseguiam ver futuro em criar um perfil no Twitter para postar o que estava fazendo, respondi a elas: Também não vejo muita funcionalidade nisso, mas sempre temos como criar temas para nossas redes e seguir essa linha. Esclareci também que todas as redes sociais foram feitas essencialmente para o mesmo fim: Espionar a vida alheia, está no centro das atenções, ser visto, entre outras menções de “egocentrismo” (no mau e bom sentido da palavra-exibicionismo) tão comum nos dias de hoje. Não tem como tirar essa característica dessas ferramentas, mas é notório que cada uma delas ganham funções diferentes a medida que os usuários vão interagindo com cada uma dessas plataformas, e é isso que faz as redes sociais serem tão interessantes e terem tantos adeptos ( observando) e participantes ( observados).



Priscylla Duarte | Jornalista

3 comentários:

... disse...

Muito bom o artigo, tb gosto muito de explicar sobre isso e ver as pessoas percebendo a utilidade que o Twitter pode ter.

Bem legal!

Jario disse...

Gostei de verdade do post.. Acho que vou mandar o link pra algumas pessoas conhecidas minhas (rsrsr).. Twitter é PROFISSIONAL.. Ninguém precisa ficar dizendo que tá indo comer.. Dormir.. Que brigou com o pai.. rsrsrsr.. Amiga, vc é 10!! Valeu jornalista!!! Bjoss (Marcia)

Jario disse...

Gostei de verdade do post.. Acho que vou mandar o link pra algumas pessoas conhecidas minhas (rsrsr).. Twitter é PROFISSIONAL.. Ninguém precisa ficar dizendo que tá indo comer.. Dormir.. Que brigou com o pai.. rsrsrsr.. Amiga, vc é 10!! Valeu jornalista!!! Bjoss

Ocorreu um erro neste gadget