scrolling='no' Pais Geração Y e Filhos Geração Z: Autoconfiança para os Pais e Independência para os Filhos | Tendências de marketing digital e redes sociais na Web 2.0

O Marketing Digital nas Plataformas de Redes Sociais

Pais Geração Y e Filhos Geração Z: Autoconfiança para os Pais e Independência para os Filhos

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

 O dia das crianças de uns tempos para cá vem tomando outra forma de comemoração. De fato a celebração dos papais e dos pequenos mudaram à medida que os meios eletrônicos tornaram-se peças fundamentais na comunicação atual.


 A chamada Geração Y tende a incrementar os presentes dos filhos ( conhecidos por Geração Z) não apenas dando lembranças tradicionais como carrinhos e bonecas, mas comemorando ao verdadeiro estilo moderno, bem como pede as duas gerações.
Os presentes do último dia 12  traduzem bem “o modernismo”.  Foram bem especiais e inusitados, bastante diferentes do que pedia a tradição. Passeios no shopping, lanches no Fast Food e brinquedos foram há alguns anos atrás, itens de primeira ordem para a comemoração da data dos pequenos.  Porém, agora, o fato é bem mais interessante.
Programar o dia pesquisando na Internet a agenda de comemoração da cidade. Organizar o roteiro, enviar um cartão eletrônico e comprar através das lojas de E-commerce os presentes dos pequenos é a realidade da geração atual.
Presentes eletrônicos, celulares, netebooks , entre outros aparatos cibernéticos  fizeram parte da lista de lembranças deste ano dos papais Geração Y. Nada de bonecas e carrinhos de corrida, a moda agora é a era digital, e é o que as crianças querem, até mesmo as de menos idade.
Passear no shopping nessa data, para algumas famílias é tradicional, geralmente famílias chefiadas por homens e mulheres acima de 35 anos; mas para famílias Y o passeio do dia 12 de outubro foi em meio a muito verde, ar puro e brisa constante. Quem acha que os papais Geração Y preferem se enfiar no shopping e bater perna com a criançada, se enganou.
A Geração Y é voltada para o meio ambiente, apesar de ser assumidamente consumista e essencialmente digital, eles preferem levar os filhos a parques, zoológicos e lugares históricos à passearem em lugares fechados e capitalistas, ensinam aos seus filhos brincando com eles, afinal ainda são jovens ( 19 à 30 anos – adultos jovens).
Por isso as crianças Geração Z são mais desenvolvidas e precoces do que as de gerações passadas – a própria Geração Y – Chamada também de última infância. Essa característica das crianças Z é fruto de terem os pais presentes e atuantes em seu desenvolvimento, e brincar com os filhos – Psicólogos afirmam que, pais que brincam com os filhos, sem complexos e medos,  faz com que a criança seja um adulto mais autoconfiante, e criar os filhos brincando faz parte  das características dos papais Geração Y.
Portanto em uma família Y, a comemoração do dia das crianças teve uma manhã de passeio no parque, na hora do almoço um restaurante especializado em comidas caseira, a tarde um banho de piscina e distribuição de presentes eletrônicos  e educativos, e a noite, a penas para finalizar, uma pizza grande com refrigerante, por que ninguém é de ferro.
Geração Y e Geração Z - Essas gerações não é nem de longe parecida com a Geração dos nossos pais.


Priscylla Duarte | Jornalista
@priscylladuarte

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget